COMUNICADO SOBRE BEIRÃO

SECRETARIADO NACIONAL


1. O Secretariado Nacional do Bloco Democrático-BD vem por este meio manifestar o seu repúdio para com o modo como as autoridades judiciais e políticas angolanas estão a conduzir o processo que tem como protagonistas um conjunto de jovens activistas cívicos presentemente detidos em diversas cadeias nos arredores de Luanda.


2. O Secretariado Nacional do Bloco Democrático.BD compreende o porquê de alguns dos detidos terem optado por protestar de um modo tão radical contra as injustiças de que são vítimas, ao ponto de desencadearem uma greve de fome, presentemente prosseguida pelo Activista Cívico Luaty Beirão.


3. É já do conhecimento público que o Activista Cívico Luaty Beirão corre perigo de vida, com alguns dos seus órgãos vitais em processo de falência, uma degradação que pode desembocar na sua morte. O que, a acontecer, será da inteira responsabilidade política das autoridades, culpadas pelo facto de não terem atendido atempadamente às suas justas reivindicações.


4. O Bloco Democrático-BD recorda que, no passado, aconteceram situações idênticas em outros países, que vieram a manchar demasiado as imagens dos seus dirigentes. Ignorar de um modo tão flagrante as justas reivindicações dos detidos equivale a provocar, mesmo que indirectamente, reacções intempestivas de consequências desastrosas.


5. As democracias não se compadecem com a existência de presos políticos, mesmo que aqui em Angola se queira disfarçar esta dura realidade.


6. O Bloco Democrático-BD deplora de forma veemente a presente atitude das actuais autoridades, conotando-a como uma verdadeira tentativa disfarçada de assassinato de pessoas tidas como incómodas para o Regime.


7. Uma forma de ultrapassar o presente impasse é reconhecer que os arguidos podem ser julgados em liberdade e imediatamente assistidos por equipas de médicos da sua inteira confiança.


8. O Bloco Democrático-BD vai continuar o seu combate pela Democracia e Liberdade. Apela a todos os extractos sociais a não permitirem que a crise da governação seja superada com o aprofundamento do regime repressivo, porque a verdadeira solução está afinal na própria Democracia.


“LIBERDADE, MODERNIDADE E CIDADANIA”
SECRETARIADO NACIONAL DO BD, EM LUANDA, 08 DE OUTUBRO DE 2015.